Campanha Incentiva Adoção De Cães Em Ocorrência De Risco

20 Feb 2018 06:44
Tags

Back to list of posts

is?PJffTo3bVT-xFfcrHaHroAXNbS4nnMuDpRAvH2pw-vM&height=221 Segundo estimativas não oficiais de entidades do setor pet, o Brasil contabiliza por volta de vinte milhões de cães abandonados. No tempo em que o óbvio é ter responsabilidades com os animais, os números destacam uma realidade que os defensores da razão lutam pra transformar. Apresentada em evento exercido nessa semana, no Teatro do Colégio Catarinense, em Florianópolis (SC), a campanha neste instante nasce com a adesão de figuras primordiais da mídia e de outros ativistas da circunstância animal. Ao longo do evento de lançamento da "Todo Cão é Bendito", a influenciadora Vivi Machado apresentou o filme institucional da campanha, com histórias emocionantes de adoção e o potencial transformador da conduta na vida dos adotantes. A solenidade assim como descreveu com a doação de ração feita pelos "Embaixadores Bendito Cão" pros cães resgatados pelo Grupo "Formiguinhas de Iluminação".Ainda que a circunstância seja nobre, a decisão de apadrinhar um cão sem lar necessita ser cuidadosamente planejada, a fim de impossibilitar os riscos de um novo abandono. Pensando em resolver todos os estilos envolvidos nesta atitude, Vivi Machado lança nas próximas semanas o e-book "Almejo apadrinhar um cão. E prontamente?". Trata-se de um manual escrito para direcionar as pessoas a respeito do passo a passo da adoção animal. Por que devo apadrinhar um cão? O que eu preciso saber antes de adotar? Como escolher o cão adequado pra mim? 08 "Brincadeiras Modernas" 09 de dezembro de 2012 Rodrigo citou: 01/02/doze ás dezesseis:Vinte e quatro 102 dezesseis "Chuá - Basketinho de Avenida" 20 de julho de 2016 Lais comentou: Dez/09/12 ás vinte e três:43 Com a queda de temperatura, as vias aéreas conseguem ficar inflamadasComo será o modo de adoção? O que fazer depois da adoção? O e-book "Almejo adotar um cão. E imediatamente?" bem como irá esclarecer a respeito do papel das ONGs, protetoras independentes e feiras especializadas no procedimento de adoção animal. Quem é Vivi Machado? Vivi Machado é comunicadora, Relações Públicas, palestrante e apaixonada por cachorros. Gaúcha radicada em Florianópolis (SC), atua como dog protection influencer (influenciadora pela proteção de cães) e facilitadora on-line e off-line de cuidados para cães. Idealizadora da marca social Bendito Cão, desenvolvida em 2015, e autora do e-book "8 Formas de Socorrer Cães Abandonados", Vivi na atualidade tem sete "patudos" - Melitta, Fubá, Rubi e as resgatadas Neve, Pepsi, Bendita e Encantadora.Em local natural, a fêmea pode escolher o macho com quem quer acasalar. Uma das técnicas utilizadas por ela é simplesmente aguardar um tanto e deixar o gato mais robusto espantar ou inibir os outros. Deste jeito, a gata procria com o macho poderoso, qualificado de compreender um vasto território.Um experimento científico conduzido na Inglaterra demonstrou, por intermédio de testes de DNA, que duvidosamente as fêmeas domésticas com filhotes haviam cruzado com o gato da casa no momento em que tinham acesso a outro pretendente. E, pela maioria dos casos, os proprietários nem imaginavam que os filhotes não eram do gato macho deles!Cada sinal de doença infecciosa tem que ser neste instante tratado, o animal isolado e medidas sanitárias tomadas para evitar tua disseminação. O estresse ou o sofrimento mental podem ser identificados por intervenção de alguns comportamentos observados nos animais, por exemplo hipervigilância, inatividade duradoura, isolamento, irritabilidade, estereotipias, compulsões, tiques, selvajaria excessiva, temor excessivo ou fobias. Alavancar a saúde mental dos animais é tão sério quanto assegurar sua saúde física. Pra tal, é preciso arrumar o atendimento a necessidades que vão além de doar-lhes água, alimento, um ambiente limpo e assistência veterinária. Uma estratégia para minimizar o estresse físico e mental, inconfundíveis do cativeiro, que precisa ser adotada por todos os abrigos, é oferecer passeios diários ou demarcar uma área mais extensa em que os animais possam ser soltos coletivamente.A recreação e os passeios são oportunidades valiosas de socialização, sendo importante que, nesses momentos, façam contato afirmativo com pessoas e com outros animais e possam realizar atividades lúdicas e estimulantes, que lhes exercitem o físico e a mente. O abrigo necessita dispor um quadro próprio de funcionários para tratar dos animais e atendê-los em suas necessidades importantes, devendo ser selecionados com apoio na sua afinidade e interação positiva com animais. A proporção no de funcionários / no de animais tem que ser tal que as tarefas de rotina possam ser completadas adequadamente todos os dias. O abrigo tem que ter pessoal trabalhando e cuidando dos animais diariamente do ano.Capacitá-los pros cuidados essenciais com os animais e pra um manejo etológico, com apoio na percepção do comportamento respectivo de cães e gatos, é muito importante para uma atuação eficiente e pautada no respeito. Toda a equipe do abrigo precisa estar informada a respeito de as zoonoses de cães e de gatos, preparada para evitar qualquer tipo de contaminação e imunizada no mínimo contra o tétano e raiva. Levando em conta os elementos fundamentais pra se começar uma política de funcionamento de um abrigo, descritos neste trabalho, relacionamos abaixo as condições indispensáveis pra manutenção de um abrigo, sem as quais não há bem-estar mínimo para os animais.Um sistema administrativo sólido, tendo um conjunto claro de procedimentos, supervisionamento, registros, linhas de intercomunicação e responsabilidades, é importante para um abrigo ser bem gerenciado. Capacitação do pessoal para manejo etológico e cuidados básicos com os animais. Cuidados com os funcionários - provisão de instalações pra suas necessidades básicas. Calderón, Néstor. Bienestar Animal.Gwynne-Jones, Olwen. Modern Kennel Management. HSUS - Guidelines for Animal Shelter Policies. Key, David. Cattery Design. The essential guide to creating your perfect cattery. Key, David. Kennel Design. The essential guide to creating your perfect kennels. Miller, Lila & Zawistowski, Stephen. Shelter Medicine for Veterinarians and Staff. Miller, Lila & Hurley, Kate. Infectious Disease Management in Animal Shelter.Eu, se pudesse, só andaria pelado, e eles vem botar roupa em cachorro? Olha, não trate teu animal como um ser humano e, pior, como a maioria trata, um ser humano retardado. Trate-o apenas como um animal, visto que é isto que ele é, ok? A não ser que seu cachorro ou gato um dia se levante, comece a percorrer com duas patas e comente as notícias do dia com você, trate-o somente como animal. Não é ótimo ser um humano, não envergonhe seu animal o tratando como tal.

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License